segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Feliz Ano 2008


A Borges, um dia, numa entrevista, perguntaram-lhe:Quem é afinal Borges?
Disse assim: 'Borges não existe! '
E acrescentou:
'Eu sou todos os livros que li, todas as pessoas que conheci, todos os lugares que visitei .'
Eu acrescentaria todos os blogs que frequentei...

domingo, 23 de dezembro de 2007

Feliz Natal ( III )



Queridos Amigos e Colegas

Desejo-vos Boas Festas, saúde e....que aquilo que mais desejam aconteça...

Um Santo Natal com saúde junto da família são os meus votos, acompanhados de abraços.

Feliz Natal ( II )

Feliz Natal

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Segurança Rodoviária


Desde Janeiro já morreram 823 pessoas nas estradas portuguesas, no JN de hoje .

domingo, 16 de dezembro de 2007

Cenas do quotidiano ano 2008


Era Agosto na Cidade e fazia calor.12 horas em ponto.L entrou no restaurante.Sentou-se, imediatamente abriu o colarinho, desapertou a gravata, acendeu um cigarro e, tranquilamente, começou a fumá-lo em grandes baforadas.O inspector da ASAE diz:
-Ei, amigo, é proibido fumar.
De facto, havia sido aprovada e publicada uns meses antes a Lei n.º 37/2007, de 14 de Agosto que assim determinava.

O inspector era um rapaz alto do tamanho de um armário e prosseguiu:

-Como é que é?Vai apagar ou não?

L caiu em si e infantilmente, como criança apanhada em flagrante, tentou esconder o cigarro, justificando-se:

-Não estou a fumar.

Tratava-se de uma mentira descarada, pois enquanto proferia aquelas palavras, o fumo que lhe saía pela boca e narinas desmentia tudo. O inspector visivelmente irritado contra-atacou:

-Não está a fumar, é? E essa fumaça toda?

-É o frio-explicou L.Gargalhada geral no estabelecimento.

-Frio em Agosto?Não!Insistiu o inspector.

-Está bem, confesso: Eu sou um Dragão.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Feliz Natal!?


-Estou? É da PSP?
- É sim. Em que posso ajudá-lo?
- Queria fazer queixa-crime do meu vizinho F. Ele trafica e esconde droga dentro dos troncos da madeira para a lareira.
- Tomámos nota. Muito obrigado por nos ter avisado.

No dia seguinte os agentes da Polícia foram a casa do F. Procuraram o sítio onde guardava a lenha e usando machados abriram ao meio todos os toros que lá havia, mas não encontraram droga nenhuma.

Chateados, foram-se embora.Logo, logo, toca o telefone em casa do F.

- Olá F! Já aí foram os rapazes da Polícia?

- Já.

- E racharam-te a lenha toda?
- Sim
- Então Feliz Natal Amigo! Essa foi a minha prenda de Natal!

Duke's Place

Jantar de Natal


segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Alterações ao Processo Civil

A Delegação de Santa Maria da Feira, em colaboração com o Conselho Distrital do Porto da O.A., organiza uma Conferência subordinada ao tema “Alterações ao Código de Processo Civil” a realizar no próximo dia 19 de Dezembro pelas 18H00 no Europarque em Sª Maria da Feira.
Será Conferencista o Sr. Dr. Pedro Pinheiro Torres - Advogado.

Fernado Pessoa no Porto

Turismo Infinito, de António M. Feijó, partir de textos de Fernando Pessoa e três cartas de Ofélia , está em cena de 11 a 16 de Dezembro de 2007 no Teatro Nacional São João , no Porto.
Com encenação de Ricardo Pais, a peça adere aos textos pessoanos e aos seus heterónimos para lhes dar um carácter dramático.Os protagonistas são Bernardo Soares e Álvaro de Campos, a quem depois se juntam o próprio e Ofélia Queirós.Trata-se de um espectáculo que concilia a literatura com um "thriller".

sábado, 8 de dezembro de 2007

Coisa própria para ajudar a memória


Lei n.o 15/2005
de 26 de Janeiro
Aprova o Estatuto da Ordem dos Advogados


Artigo 3º
Constituem atribuições da Ordem dos Advogados:
a) Defender o Estado de direito e os direitos, liberdades
e garantias dos cidadãos e colaborar na
administração da justiça;
b) Assegurar o acesso ao direito, nos termos da
Constituição;
c) Atribuir o título profissional de advogado e de
advogado estagiário, bem como regulamentar
o exercício da respectiva profissão;
d) Zelar pela função social, dignidade e prestígio
da profissão de advogado,
promovendo a formação
inicial e permanente dos advogados e
o respeito pelos valores e princípios deontológicos;
e) Defender os interesses, direitos, prerrogativas
e imunidades dos seus membros;
f) Reforçar a solidariedade entre os advogados;
g) Exercer, em exclusivo, jurisdição disciplinar
sobre os advogados e advogados estagiários;
h) Promover o acesso ao conhecimento e aplicação
do direito;
i) Contribuir para o desenvolvimento da cultura
jurídica e aperfeiçoamento da elaboração do
direito;
j) Ser ouvida sobre os projectos de diplomas legislativos
que interessem ao exercício da advocacia
e ao patrocínio judiciário em geral e propor as
alterações legislativas que se entendam convenientes;

...
Artigo 86º-Constituem deveres do advogado para com a Ordem
dos Advogados:
a) Não prejudicar os fins e prestígio da Ordem;

...

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Candidatos a Bastonário da O.A.

Debate entre os candidatos a Bastonário da Ordem dos Advogados:
- Dr. Manuel Magalhães e Silva
- Dr. Marinho e Pinto
- Dr. Luís Menezes Leitão
- Dr. Garcia Pereira
Hoje, às 22:30, na RTPN.

sábado, 24 de novembro de 2007

Chefe, mas pouco...

O CHEFE de um Ministério, sentindo que seus subordinados não respeitavam a sua liderança, resolveu colocar uma placa na porta de seu escritório onde se lia:
-"Aqui quem manda sou eu!"
Após ter voltado de uma reunião, viu o seguinte bilhete junto à placa:
-" A sua esposa ligou e pede para que devolva a placa."

EstarrejaJazz2007


IN LOKO

Projecto de cariz universalista que pretende aglomerar as estéticas do jazz, do rock e da electrónica . A arquitectura dos ritmos e "groove" de batida pujante, é contaminada por sonoridades abstractas e improvisação colectiva. De Jimmy Hendrix a Stockausen, tudo é permitido.

Contrabaixo e efeitos electrónicos: Carlos Barretto;Guitarra eléctrica e efeitos electrónicos: Mário Delgado;Bateria: José Salgueiro;Piano Fender Rhodes e efeitos: Bernardo SassettiTrompete e efeitos electrónicos: João Moreira;Percussões: Sebastian Scheriff


Hoje, sábado,24 de Novembro, 21h30, no Cineteatro de Estarreja

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Conferência “As Recentes Alterações ao Código de Processo Penal - Recursos e Processos Especiais” -



O Conselho Distrital do Porto da O.A. organiza uma conferência sobre Recursos e Processos Especiais no ãmbito das recentes alterações ao Código de Processo Penal, que vai ser proferida pelo Exmo. Sr. Dr. Joaquim Gomes Juiz Desembargador e pelo Sr. Dr. José Pinho de Sousa Coelho, Procurador Geral Adjunto. A conferência terá lugar amanhã, dia 22, pelas 21:30, no Auditório da AICCOPN, sita na Rua Álvares Cabral, 306 – Porto.
Entrada livre, limitada à capacidade da sala.

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Debate entre candidatos a Bastonário da O.A.


A Direcção da Associação Jurídica do Porto convida para assistir ao Debate entre os candidatos a Bastonário da Ordem dos Advogados:
- Dr. Manuel Magalhães e Silva
- Dr. Marinho e Pinto
-
Prof. Dr. Luís Menezes Leitão
-
Prof. Dr. Garcia Pereira
que terá lugar hoje, pelas 21:30, no café MAJESTIC, sito na Rua Santa Catarina, n.º 112, Porto, com moderação do jornalista Dr. Carlos Daniel

Pássaros, outra vez...



Fétissov: ( Severamente.)Quem é que se atirou ao pássaro?
Cyril:Foi ele que começou...eu só o atordoei um pouco.
Davud:Queríamos apenas revistá-lo para encontrar uma mensagem e ele agrediu-nos...
Fétissov:Os pássaros não têm consciência, isto significa que não se podem defender.Eles trazem-nos a mensagem da Salvação e como é que os recebemos?Com violência?O que é que a Europa vai dizer disto tudo?Como é que vamos poder olhar para ELES nos olhos, quando LÀ chegarmos?Como é que vamos olhar nos olhos essas pessoas que nos enviaram pão,quando morríamos de fome, roupas, quando morríamos de frio, esperança, quando morríamos de desespero!?As pessoas que nos vão enviar uma mensagem de Salvação através dos pássaros, as pessoas que nos vão acolher como irmãos, essas pessoas não são gente vulgar, são anjos!

O Coronel Pássaro, de Hristo Boytchev

quarta-feira, 14 de novembro de 2007


Vou ,amanhã ,assistir á peça teatral do dramaturgo búlgaro Hristo Boytchev no Teatro Carlos Alberto, Porto. Está em cena de 15-18 de Novembro.É uma produção do Teatro Rainha e do Centro Cultural de Belém.Encenada por Fernando Mora Ramos.

''O Coronel Pássaro”, texto várias vezes premiado em diferentes países, relata a história de um jovem médico, destacado para um asilo psiquiátrico instalado num antigo convento, algures nos Balcãs, que tem a seu cargo alguns casos de psicose tão interessantes quanto inofensivos.Um dos pacientes, ex-coronel do exército russo, há três anos fechado no mais absoluto mutismo, assume o comando da pequena comunidade, transformando-a numa «unidade de combate avançada» disposta a integrar as fileiras da NATO. Os pássaros em migração são, do ponto de vista destes doentes, o meio para estabelecer o contacto com as chefias daquela organização na Europa e os dias passam-se a observar o céu esperando uma resposta''...

' Os loucos de '' O Coronel Pássaro '' vivem numa Bulgária ficcionada, a Boytchevia, enclave separatista a meio caminho entre o pesadelo da guerra dos Balcãs e a miragem da integração na União Europeia. A burocracia- a 'Nova Europa'- vista como um asilo psiquiátrico.'


Conferência sobre “as recentes alterações ao código de processo penal''-para quem ainda não teve tempo para ler...


A Delegação da Ordem dos Advogados de Santa Maria da Feira organiza uma Conferência subordinada ao tema “A Recente Reforma do Processo Penal” a realizar pelas 21,30h do próximo dia 16 de Novembro (sexta-feira) no Auditório da Biblioteca Municipal, em Santa Maria da Feira.
Será conferencista o Exmo. Sr. Dr. Rui da Silva Leal .

domingo, 11 de novembro de 2007

«Festovar»


Assisti á peça teatral « Mar », de Miguel Torga, poema drámatico , de 1941, que se desenrola numa taverna de pescadores para onde convergem todas as personagens em conflito. Produzida pelo Teatro Experimental de Mortágua, encenada pelo Manuel Ramos Costa, na 14ª edição do Festival de Teatro de Ovar, que decorre de 13 de Outubro a um de Dezembro.

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Conferência sobre “as recentes alterações ao código de processo penal''-parte 3



Dado o interesse manifestado e o assinalável êxito das conferências realizadas nos passados dias 11 e 22 de Outubro, o Conselho Distrital do Porto vai organizar no próximo dia dia 13 de Novembro, às 21:30H, uma nova Conferência com o Sr Dr. Rui da Silva Leal, no Auditório “Ilídio Pinho” da Universidade Católica, sita na R. Diogo Botelho, 1327 - Porto (Foz).
Entrada livre, limitada à capacidade da sala.

Racista?!Nem pensar...


Num avião, o piloto informa:

-Senhores e Senhoras, o avião está a perder altitude e toda a bagagem deve ser atirada fora!

Apesar de mais coisas serem lançadas fora, o avião continua a perder altitude.

-Estamos ainda a baixar! Teremos que atirar fora algumas pessoas...avisa o piloto.

Há um grande rebuliço entre os passageiros.

E continua o piloto...

-Para fazer isso, de forma imparcial, os passageiros serão atirados para fora, por ordem alfabética!

Assim começamos pela letra ''A'':

-Há algum '' Afro '' a bordo?

-Ninguém se move.

-''B''...algum ''black'' a bordo?

-Nada.

-''C''...Algum ''Crioulo'' a bordo?

-Ainda nada.

-''D''...algum '' De cor ''?

-Novamente ninguém se move.

-''E''...algum mais '' Escurinho ''?

-Nada...

Nisto, um pequeno menino negro pergunta ao pai:

-Pai? Afinal, o que é que nós somos?


-Zulus, meu filho, Zulus!!!...

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Magusto poético



'' um púcaro com vinho


por favor, trazei-me sem demora


que a sede já me mata e me devora


neste poético magusto


em que participo a tanto custo ''




Hatherly, Ana - Itinerários, Famalicão;Quasi Edições, 2003

domingo, 4 de novembro de 2007

Conferência ' A reforma do regime de recursos em processo civil'


A Delegação da Ordem dos Advogados de Vila Nova de Gaia organiza uma Conferência subordinada ao tema “A Reforma do Regime de Recursos em Processo Civil” , D.L. nº 303/ 2007, de 24.08, a realizar pelas 10H00 do dia 10 de Novembro, no Auditório da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia.(Junto ao Tribunal)
Será Conferencista o Exmo. Sr. Dr. Paulo Pimenta, Advogado, Mestre em direito e Docente Universitário.

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

É isso aí!

Seu Jorge em Portugal

A digressão começa no Porto, amanhã, 1 de Novembro, 22Hoo, casa da música, e termina a 12, em Lisboa.
"América Brasil", o mais recente trabalho de Seu Jorge, cantor, compositor e actor já participou em vários filmes, entre eles, Cidade de Deus, onde ficou famoso com a personagem Mané Galinha, e The Life Aquatic With Steve Zissou (Um peixe fora de água) de Wes Anderson, produzido pelos estudios Disney e com a participação de Bill Murray, Angelica Houston e William Daffoe, de 36 anos, tem ritmos funk, soul, pop, samba, e faz-se acompanhar de uma banda com 16 elementos.

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

E para os homens?


No Jornal de Notícias de ontem:


'' Centros comerciais com estacionamento reservado a mulheres grávidas ou cidadãos com deficiência não são novidade. Mas o shopping 8.ª Avenida, inaugurado, há um mês, em S. João da Madeira, decidiu acrescentar lugares exclusivos para... as mulheres, mais largos do que os "normais" e até mais generosos do que alguns dos espaços reservados para deficientes, mulheres grávidas ou idosos...São apenas quatro lugares de estacionamento, no parque interior, destinados em exclusivo aos clientes do sexo feminino, num universo de 1400. Mas estes espaços, pintados de cor de rosa, e que se encontram a poucos metros de outros estacionamentos reservados a grávidas e a mulheres com crianças, famílias numerosas e a cidadãos com deficiência...''

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Conferência 'Por uma revolução na Arbitragem de conflitos de consumo.Que futuro?



Tribunal Arbitral De Consumo
Conferência: ' Por uma revolução na Arbitragem de conflitos de consumo.Que futuro? '

Dia 26 de Outubro de 2007 - Escola de Direito do Porto da Universidade Católica
Rua Diogo Botelho, 1327 - Porto

Programa:
9h00 - Abertura do secretariado e recepção

9h30 - Sessão de abertura
Secretário de Estado da Justiça (a confirmar)/ Director da Escola de Direito (a confirmar)/Presidente do Conselho de Administração do Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto
10h00 - Da Arbitragem Voluntária e Institucional à Arbitragem Necessária
Lebre de Freitas
10h30 - Debate
10h45 - Pausa para café
11h00 – O Conceito de Serviços de Interesse Geral e a sua Gradativa Evolução
Jorge Pegado Liz
11h30 – Debate
11h45 – Mesa Redonda “A Arbitragem e os Serviços de Interesse Geral”
13h00 - Almoço livre

15h00 - Tribunais Arbitrais Necessários Para os Serviços de Interesse Geral?
Mário Frota
15h30 - Debate
15h45 - Pausa para café
16h00 - Arbitragem de Juiz Singular ou de Natureza Colegial?
Orozco Pardo
16h30 - Debate
17h00 - Encerramento
Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor (a confirmar)/Presidente da Câmara Municipal do Porto (a confirmar)/Presidente do Conselho de Administração do Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto

Nos E.U.A., advogado x advogado


















História real que ganhou o primeiro lugar no Criminal Lawyers Award Contest:

-Um advogado de Charlotte, NC, comprou uma caixa de charutos muito raros e caros. Tão raros e caros que os colocou no seguro contra fogo, entre outras providências.Passado um mês, tendo fumado todos os charutos e ainda sem ter terminado o pagamento do seguro, o advogado deu entrada de um registo de sinistro na companhia de seguros.Nesse registo, alegou que os charutos "haviam sido perdidos em uma série de pequenos incêndios". A companhia de seguros recusou pagar, alegando o motivo óbvio: que o homem havia consumido os charutos da maneira usual, fumando-os. O advogado processou a companhia... E ganhou. Ao proferir a sentença, o juiz concordou com a companhia de seguros que a acção era frívola. Apesar disso, o juiz fundamentou a sua decisão no facto do advogado "ter na sua posse uma apólice da companhia na qual ela garantia que os charutos eram seguráveis" e, também, que eles estavam segurados contra fogo, sem definir que tipo de fogo seria, e que, portanto, ela estava obrigada a pagar o seguro. Em vez de recorrer, num longo e custoso processo de apelação, a companhia cumpriu a sentença e pagou us$15,000 ao advogado, pela perda de seus charutos raros nos incêndios.
AGORA A MELHOR PARTE !!!

Depois do advogado embolsar o cheque, a companhia de seguros apresentou queixa-crime, e fez com que ele fosse preso, por 24 incêndios criminosos!!! Usando o próprio registo de sinistro e o testemunho dele, a companhia de seguros fez com que o advogado fosse condenado por incendiar dolosamente propriedade segurada e fosse condenado a 24 meses de prisão, além de uma multa de S$24.000,00.

A companhia de seguros também tinha um advogado…

domingo, 21 de outubro de 2007

Nova conferência sobre 'as recentes alterações ao Código de Processo Penal









Dado o interesse manifestado e o assinalável êxito da conferência realizada no passado dia 11, o Conselho Distrital do Porto vai organizar no próximo dia 22 de Outubro, às 21:30H, uma nova Conferência com o Senhor Dr. Rui da Silva Leal, no Auditório “Ilídio Pinho” da Universidade Católica, sita na R. Diogo Botelho, 1327 - Porto (Foz).

sábado, 20 de outubro de 2007

Fim de tarde na casa da música













Fui ver e ouvir, na excelente sala Suggia, a Orquestra Nacional do Porto, sob a direcção musical de Pietari Inkinem.
O concerto foi preenchido com clássicos do século XX, escutamos primeiro o poema sinfónico, 'em saga', de Jean Sibelius, depois a estreia europeia do concerto para clarinete e orquestra, de Willian Bolcom, com António Saiote o clarinetista português mais aclamado culminando com a mais célebre sinfonia de Sergei Prokofiev, a nº 5, em tom festivo que decorreu da vitória do exército russo contra as tropas nazis.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Debate com os candidatos a Bastonário





Auditório da Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira 19 de Outubro 17horas


A Delegação de Santa Maria da Feira da Ordem dos Advogados, tendo em conta a proximidade do acto eleitoral para os vários órgãos da Ordem e em particular o cargo de Bastonário, promove em Santa Maria Da Feira um encontro/debate com a presença dos candidatos a Bastonário tendo em vista discutirem os programas que cada um apresenta para dirigir a Ordem. Eis o programa:
1- Recepção dos candidatos no Castelo de Santa Maria Da Feira, pelas 16H00 - Curta apresentação da comarca aos candidatos; 2 - No Auditório da Biblioteca Municipal de Santa Maria Da Feira, pelas 17H00 - início do encontro/debate - Apresentação, curta, por cada candidato, do seu programa.- Debate aberto: questões dos presentes dirigidas aos candidatos e respostas, coordenado pela mesa, conforme modelo a divulgar no início dos trabalhos.- Encerramento dos trabalhos pelas 20H00; 3 - Jantar no Restaurante “O Lago” no Europarque. Inscrições para o Jantar - Contactar a Delegação - Telf. 256 378 054/5 – 962 962 986 ; € 25,00/pessoa.

Les chansons d ' amour

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Conferência “O Novo Código dos Contratos Públicos”





O Conselho Distrital do Porto vai promover, no próximo dia 18 de Outubro, quinta-feira, pelas 21:30 horas, a realização da conferência subordinada ao tema

“O Novo Código dos Contratos Públicos”

Esta conferência será proferida pelo, Senhor Prof. Doutor Pedro Gonçalves, Docente na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, no Auditório da Universidade Portucalense (junto ao Hospital S. João).

domingo, 14 de outubro de 2007

Viajar com Pat Metheny

Os homens são muito estranhos...

















Fui, com a Sofia, minha sobrinha, ver ' o principezinho ' , comemoração dos 60 anos da edição de ' Le Petit Prince', de Antoine de Saint- Exupéry ,espectáculo de Filipe La Féria, ao Rivoli.
Um excelente momento de poesia, de imaginação e sonho. Aliando a superior interpretação dos actores com imagens de Saint-Exupery em vídeo, luz e som.
Visitamos vários planetas , desde aquele em que só vivia um rei que não tinha ninguém para mandar fazer o que dizia; outro onde vivia um vaidoso que estava sozinho e não tinha quem lhe elogiasse; outro ainda onde estava um bêbado; e aquele em que vivia um homem de negócios que só pensava em fazer contas; aqueloutro onde se encontrava um acendedor de candeeiro que "fazia" a noite e o dia; e finalmente, o planeta Terra, um planeta com boa reputação ( não, não é piada ). Assim, o pequeno príncepe foi parar ao deserto do Saara, onde o escritor se encontrava perdido após uma avaria no motor do seu avião... e a serpente, a raposa...

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Conferência


O Conselho Distrital do Porto promoverá, no próximo dia 11 de Outubro, pelas 21:30 horas, a realização da conferência subordinada ao tema

As Recentes Alterações ao Código de Processo Penal”

Esta conferência será proferida pelo, Senhor Dr. Rui da Silva Leal, Advogado e Presidente do Conselho Distrital do Porto, e terá lugar no Auditório da AICCOPN, sita na Rua Álvares Cabral.

Julgamento












Antestreia,hoje, pelas 21H30,UCI-Arrábida 20

GNR em Timor

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Visitas ao Sr. Green!


“Visitas ao Sr. Green”, de Jeff Baron, tradução do poeta José Miguel Silva, encenação de Norberto Barroca, direcção de actores de Clara Joana, cenografia de Luís Baião, figurinos de Mário Dias Garcia, desenho de luz e sonoplastia de Eduardo Brandão.
No elenco, Norberto Barroca e Ricardo Trêpa, recriarão duas figuras essenciais . Entretanto, nesta produção do TEP, “Visitas ao Sr. Green” (Visiting Mr. Green, no original), este texto já representado por mais de 40 companhias em todo o Mundo e traduzido em 23 línguas, é pela primeira vez apresentado ao público por uma companhia portuguesa.
Texto importantíssimo da literatura contemporânea, escrito há dez anos em Massachussets, “Visitas ao Sr. Green”, com notável humor, fala-nos das sucessivas visitas que Ross Gardiner, um jovem de 29 anos, executivo do American Express, faz ao Sr. Green, um judeu de 86 anos, antigo proprietário de uma lavandaria a seco em Nova Iorque, actualmente reformado, e onde se vai acentuando uma cumplicidade entre duas personagens diferentes na forma de encarar a vida.

Hoje no Auditório Municipal de Gaia, 21H45.

Malaguena Salerosa

terça-feira, 10 de julho de 2007

00.95

Corto Maltese


1887 - Nasce em Malta o marinheiro aventureiro mais famoso da bd criada por Hugo Pratt.

Com ele deambulei pelos mares do Sul, China, Africa...pelo mundo. Aprendi, também, o valor das palavras liberdade, amizade e aventura.

domingo, 8 de julho de 2007

00.93


Dei pela tua presença nos idos de Março.Antes... um pouco antes da Primavera .Lembro-me muito bem. Numa citânia. Estavas sentada na copa de uma árvore, numas das mãos brilhava-te uma pomba azul. Estavas vestida de azul.Estrelas resplandeciam á tua volta, azuis.Deste-me as boas-vindas .Pensando melhor... fui eu que te desafiei para um café imaginário que haveríamos de partilhar. Dei-me conta que a parte mais profunda de mim já te conhecia. Desde o nascimento.Desde sempre.Pelos ensinamentos que me vinham dos teus gestos.Sim as palavras são gestos.Das tuas ideias.Dos teus risos.Sorrisos.Silêncios. Corre-me nas veias o desejo eterno que pedi a Eros, na nossa falésia...

Desejos...

segunda-feira, 2 de julho de 2007

Carlos Drummond de Andrade


Poema da Necessidade


'É preciso casar João,
é preciso suportar António,
é preciso odiar Melquíades,
é preciso substituir nós todos.

É preciso salvar o país,
é preciso crer em Deus,
é preciso pagar as dívidas,
é preciso comprar um rádio,
é prciso esquecer fulana.

É preciso estudar volapuque,
é preciso estar sempre bêbedo,
é preciso ler Baudelaire,
é preciso colher as flores
de que rezam velhos autores.

É preciso viver com os homens,
é precisso não assassiná-los,
é preciso ter mãos pálidas
e anunciar o FIM DO MUNDO.'

In, O sentimento do mundo, Record, 2006

sexta-feira, 29 de junho de 2007

00.84


Olá!

Tenho bilhetes para logo à noite . Vamos ao cinema. Ver o 'Shrek o Terceiro'.?

O quê? Estou louco, doido?

Noite de Lua e perguntas-me se quero ir ao cinema?

Tens mais que fazer? !...

Esta rapariga continua muito imprevisível...

Julguei que ia dizer que não gostava do Shrek...

domingo, 24 de junho de 2007

Eugénio de Andrade

O sorriso

'Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.

Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
Entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.

Correr, navegar, morrer naquele sorriso.'

In, O sal da língua, 30 poemas, 2001, Barcelona

Guillevic

Sphére

'...Quando cheguei
E te peguei na mão,
Não era para brincar,
Nem chamar-te à razão.
Era para atingir
O verdadeiro ponto de partida.


E, partimos,
Baptizando o fututo
Com as últimas lágrimas....'

In ,Vozes da poesia europeia-III, traduções de David Mourão Ferreira, colóquio letras, nº 165, Fundação Calouste Gulbenkian

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Humor...

Ofício dirigido por um tribunal do Porto ao 4º Juízo Cível de Lisboa - 1ª secção, no ano de 1990:

'A deprecada a que me refiro nasceu no dia 25.2.86.
E, neste momento, embora um pouco tarde, não queria deixar de pedir a VªExª - não o cumprimento da deprecada, uma vez que, certamente,isso iria dar muito trabalho aos funcionários desse Tribunal -que transmitisse à visada os meus cumprimentos pela passagem do seu quarto aniversário natalício.
Já agora, e dado o tempo que já passou, solicitava a VªExª que me informasse do estado da deprecada, designadamente sobre se já anda sózinha, já fala, já conhece as pessoas e as cores, etc.
Desde já muito grato pela atenção dispensada.'

Cinco - Um


Faltam dez minutos. Tenho que ser rápido.Dirijo-me ao campo, em Paramos.Ninguém.Vou ao campo do REE. Nada. Dirijo-me a Silvalde.Acertei desta feita.O primeiro jogo desde 2005.Fui convocado.No sintético já se vislumbram as nossas camisolas amarelas. Do Noé, do Paulo, Diogo, do Sousa Alves, Francisco, Luís,Benjamim, Hugo...Equipo-me o mais depressa possível.Aqueceço. Vou jogar a titular. Sim.No meio campo.Só estamos onze.Marquei um golo que te dediquei. Ganhamos cinco a um. Vamos jantar para comemorar, não a vitória. Á amizade. Estamos a chegar. Vou só. Parece-me que o automóvel vai ficar sem gasóleo.Esqueci-me de.Ainda vai dar.Devagar.Está quase.Parou.Não arranca.Que vergonha.Nunca me tinha acontecido.Nem na juventude.Logo na rotunda.Não dá sinal.Telefono ao Tiago, para me trazer uns litros. O Senhor da casa prontifica-se para empurrar e estacionar na berma. Agradeço.Sento-me ao volante.Fecho a porta.Os dedos do Sr gritam de dor.Desculpo-me, como posso. Agradeço mais uma vez.Não ficou muito magoado, pois não?Que não, já passou.Suspiro. ..

A picanha estava deliciosa!

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Canseira evitável

Deduzimos acusação particular, que não foi acompanhada pelo MP. Remetemos a identificação do arguido para fls. dos autos, por uma questão de economia processual.
Despacho:'Decido rejeitar a acusação por manifestamente infundada'.
Recurso: A acusação não é infundada ...o artigo 283º, nº 3, al.a) do CPP diz apenas que a acusação contém, sob pena de nulidade ' as indicações tendentes à identificação do arguido', não diz identificação completa;
...
A existir nulidade, a mesma seria suprível ou passível de ser sanada oficiosamente ou através de convite ao aperfeiçoamento ou correcção;
...
Mais, os formalismos previstos no CPP visam garantir aos arguidos os seus direito de defesa, não podendo, quando tais garantias estejam asseguradas, impedir, por si só, que se atinja a verdade material;
...
Foi violado o artº 311º do CPP.

De cima:
'...nestes caso, há que admitir que a rejeição da acusação criaria um desproporcionado obstáculo no acesso ao direito, que não se conforma com o direito garantido pelo artigo 20º, nº 1, da CRP...'

Uma trabalheira ter que consultar as peças do processo...não é assim Exmo Sr?

domingo, 17 de junho de 2007

00.72















Quadras



Eu amo-te doidamente


por ti...assassinaria...


uma galinha bem gorda


que contigo comeria!





Carneiro, Mário de Sá- obra poética completa, Lisboa, Publicações Europa- América, 2001

sábado, 16 de junho de 2007

Humor na Justiça

Não basta ter um bom advogado, o cliente tem que colaborar:

Um réu estava a ser julgado por homicídio qualificado , em Inglaterra.
Havia fortes indicíos sobre a sua culpabilidade, mas o cadáver não aparecera.
Quase no final da suas alegações , o advogado,receoso de que o seu cliente fosse condenado, recorreu a um truque:
- "Senhoras e senhores do júri, eu tenho uma surpresa para todos ", disse o advogado, enquanto olhava para o relógio.
"Dentro de um minuto, a pessoa presumivelmente assassinada, neste caso, vai entrar neste Tribunal."
E olhou para a porta.
Os jurados, surpresos, também ansiosos, voltaram os olhos para a porta.
Passou um minuto .Não aconteceu nada.
O advogado, então, terminou assim:
- "Realmente, eu falei e todos vocês olharam com expectativa.
Portanto, ficou claro que vocês têm uma dúvida neste caso, se alguém realmente foi morto;por isso insisto para que vocês considerem o meu cliente inocente.
Os jurados, visivelmente surpreendidos, retiraram-se para votar a decisão final.
Alguns minutos depois, o júri voltou e pronunciou o veredicto:
- "Culpado!"
- " Como?" perguntou o advogado... "Vocês estavam com
dúvidas, eu vi todos vocês olharem fixamente para a porta!"
E o juiz esclareceu:
- "Sim, todos nós olhamos para a porta, mas o seu cliente não..."

Dúvida esclarecida

A próposito de rotundas. Não se trata de concordar da bondade da instalação, do número exagerado ,ou mesmo, das obras de arte?! no seu interior. Só da circulação do trânsito. No Código de Estrada, D.L. nº 114/94, de 03.05, alterado pelo D.L. nº 44/ 2005, de 23.02, em vigor, é assim:
Nas rotundas, situadas dentro ou fora das localidades, o condutor deve escolher a via de trânsito mais conveniente ao seu destino. ( Art.º 14.º );
Os condutores de veículos a motor que pretendam entrar numa rotunda passam a ter de ceder a passagem aos condutores de velocípedes, de veículos de tracção animal e de animais que nela circulem. ( Art.ºs 31.º e32.º );
Os condutores que circulam nas rotundas deixam de estar obrigados a ceder passagem aos eléctricos que nelas pretendam entrar. ( Art.º 32.º );
Passa a ser proibido parar ou estacionar menos de 5 metros, para um e outro lado, das rotundas e no interior das mesmas. ( Art.º 49.º );
A minha dúvida residia no que concerne ás regras de circulação nas rotundas com duas ou mais faixas de rodagem, só agora em 2007, foi regulamentada, desta forma:
os condutores devem circular sempre nas faixas interiores, sendo apenas permitida a passagem para a zona exterior no troço imediatamente antes da saída pretendida. Isto para evitar que um veículo percorra toda a rotunda na faixa de fora, bloqueando a saída a outros veículos, e provocando acidentes.
O Código apenas dizia o seguinte , a circulação das rotundas deve ser feita de forma a dar a esquerda, à zona central.
Esclarecidos?

domingo, 10 de junho de 2007

Abraço para Cala Ratjada

Hoje é feriado em Portugal, não sei se sabes Renato. Provavelmente não te lembras. Eu digo-te, é dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. O nosso dia. Há quantos anos estás aí? Oito anos? Agora, só verbalizas na lingua de Javier Marias?Não? Como não?Alemão e Maiorquino? Existe esse idioma? É parecido com o catalão, mas com especificidades? Estás perdoado.Mas escreveste em português. Gostei de saber as novidades.Perguntas «vacaciones o no??» Proclamas , « ja sou solteiro a mais de um mes e assim é como tem que ser ...»( então não ias casar com a Marguerita?)«...escrevo-te para saber a data que chegas, ja tens o bilhete de aviao ???Quanto mais cedo reservares mais barato.Estou a espera de noticias, ja sabes que tens casa aqui. Molt d'anys e fico a espera de noticias.».
Sei que escreveste em 19 de Maio. Férias ainda não as pensei.Gostaria de aí voltar. Rever os amigos que me apresentaste.As praias maravilhosas. Dar outra volta à ilha.Vamos ver...
Um grande abraço daqui da nossa Cortegaça que hoje contrasta com o clima que aí faz, deves ter saudades, um pouco de nortada, nevoeiro.

sábado, 9 de junho de 2007

Boa noticía da semana



Ban Ki-moon ,nascido a 13 de Junho de 1944, é diplomata Sul - Coreano, ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros de seu país. Em 13 de Outubro de 2006 foi eleito Secretário-Geral da ONU. É, desde 1 de Janeiro, o oitavo e actual secretário-geral da Organização das Nações Unidas, tendo sucedido ao Ganês Kofi Annan. O mandato é de cinco anos.
Vem isto a próposito da boa notícia desta semana, o primeiro-ministro israelita, Hedmund Olment afirmou estar disposto a entregar os Montes Golã à Siria, territórios ocupados por Israel desde 1967, guerra dos seis dias. Não sei as contrapartidas.Mas
a ONU tem a obrigação de aproveitar o momento, estar na linha da frente nas negociações. Quem sabe se não é desta que o bom senso prevalecerá?
Não me lembro de ver o rosto de Ban Ki- moon nem saber a posição da ONU sobre esta matéria essencial para a Paz mundial, na imprensa dos últimos meses.

sexta-feira, 8 de junho de 2007

Humor...

Via e.mail , mão amiga deixou esta pérola:

Num tribunal de uma comarca, o Procurador-adjunto chamou a sua primeira testemunha; uma velhinha de idade avançada e avó.
Aproximou-se da testemunha e perguntou:
"Srª Ermelinda, a senhora conhece-me?"
Resposta: -Claro que te conheço. Conheço-te desde pequenino e, francamente, desiludiste-me. Mentes descaradamente, enganas a tua mulher, manipulas as pessoas e falas mal delas pelas costas. Julgas que és uma grande personalidade quando nem sequer tens inteligência suficiente nem para ser varredor. Claro que te conheço.
O Procurador-adjunto ficou branco, sem saber que fazer. Depois de pensar um pouco; apontou para o outro extremo da sala e perguntou:
-Srª Ermelinda conhece o defensor oficioso?
Responde a velhinha: -Claro que sim. Também o conheço desde a infância. É frouxo, tem problemas com a bebida, não consegue ter uma relação normal com ninguém e na qualidade de advogado bem, aí......é um dos piores que já vi. Não esqueço também de mencionar que engana a mulher com três mulheres diferentes, uma das quais, curiosamente, é a tua mulher. Sim, conheço-o. Claro que sim.
-O defensor ficou em estado de choque.
O juiz, então, pediu a ambos que se aproximassem do estrado e com uma voz muito ténue , diz-lhes:
-Se a algum dos dois ocorrer perguntar à p*** da velha se me conhece, juro-vos que Vão todos presos.

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Vinicius de Morais

O verbo no infinito


Ser criado, gerar-se, transformar
O amor em carne e a carne em amor; nascer
Respirar, e chorar, e adormecer
E se nutrir para poder chorar

Para poder nutrir-se; e despertar
Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir
E começar a amar e então sorrir
E então sorrir para poder chorar.

E crescer, e saber, e ser, e haver
E perder, e sofrer, e ter horror,
De ser e amar, e se sentir maldito

E esquecer tudo ao vir um novo amor
E viver esse amor até morrer
E ir conjugar o verbo no infinito...

Vinicius De Morais, in Livro de Sonetos, Companhia das Letras, S.Paulo, 2004

quarta-feira, 6 de junho de 2007

Manuel Alegre

Fui ontem à apresentação e lançamento do último livro de poesia de Manuel Alegre, intitulado « Doze Naus », apresentado pelo Professor Doutor Victor Aguiar e Silva, no Clube Literário do Porto. O autor recitou alguns poemas. Deixo aqui um sinal para ficarem aguados...
A COR DO VENTO
Quando o horizonte se fecha
o azul converte-se em cinzento
e o próprio mar fica da cor
do vento
Manuel Alegre, in Doze Naus, Dom Quixote, Lisboa, 2007

segunda-feira, 4 de junho de 2007

O ausente

Faz sol lá fora.Aqui não.Soubemos da ausência do CRC pelas 11H15.Esperámos pelo CRC desde as 9H00. Perguntavam pelo CRC, e nada. Ninguém sabia do CRC.Afinal o CRC não vem hoje, dizem. Só na próxima quarta-feira vamos ter o prazer de ser apresentados ao CRC. Não faz mal.
O CRC ( certificado de registo criminal ) é importante demais para se brincar com ele. Perdão.É indispensável para se iniciar qualquer julgamento. Concordo.Na sua ausência manda-se o arguido para casa com a advertência de comparecer na data já designada. Se, por acaso ou fatalidade, o arguido destas linhas fosse um fugitivo, um foragido perigoso, já estaria a monte, ausente em parte incerta. Como o CRC. E o porquê da ausência do CRC? Não sabemos. Por curiosidade consultei o DL nº 381/98, de 27.11 , que Regulamenta e desenvolve o regime da identificação criminal , que prescreve no seu artigo 30º a transmissão de documentos por telecópia, li, ainda a Lei nº 57/ 1998, de 18.08 , organização e funcionamento da identificação criminal , o seu artigo 9º, nº 4, diz ...A emissão de certificados do registo criminal pode processar-se automaticamente em terminais de computador colocados nos Tribunais ou em instalações de outras entidades referidas no artigo 7º( Magistrados Judiciais e do Ministério Público ), com garantia do controlo e segurança da transmissão dos dados. ...Então porque não apareceu o CRC?

sábado, 2 de junho de 2007

Tarde no parque de Serralves




Fui, esta tarde, à 4ª edição do Serralves em Festa: festival de expressão artística contemporânea, com a duração de 40 horas consecutivas non-stop, com mais de setenta eventos. Consegui ver, ouvir, desfrutar de 3. Para quem conhece sabe que se trata de um parque e quinta deslumbrantes. Muito arboredo, roseirais, azinheiras, bétulas, ulmeiros, teixos, uma mata, um lago, plantas aromáticas.Uma casa, melhor dizendo um casarão, um museo de arte contemporânea, auditórios, uma casa de chá , lagar e celeiro, estábulos, casario da quinta. É enorme, lindo de morrer.


Sucede que nestes dois dias, 02 e 03 de Junho, sábado e domingo, importa é participar nos eventos culturais.


Ás 16H00, na Casa Serralves, assisti a um recital de poesia, intitulado...tudo gira...um evento perfomático de comunicação da poesia interpretado vocal e visualmente a partir de poemas de Jorge de Sousa Braga, um deles cantado em melodia, corpo, respiração ,assim ...neste mundo tudo gira, que eu gire em redor de ti não admira...interpretado por Margarida Mestre, formada em pedagogia, sonoplatia e dança ( técnica e composição ), é excelente, mágica, com muito talento, foi um sucesso.


Saí rápidamente para ver e ouvir, no parque prado, uma banda de 10 musícos, 7 metais ( clarinetes, saxofones,trompetes), um contrabaixo, um piano e uma bateria, eram os Willem Breuker Kollemtief, tocaram durante 90 minutos jazz misturado com clássica, latina e imagine-se ...o Malhão português nessa toada, inesquecível, irreverentes, metades dos elementos já sexagenários, uma festa,inolvidável.


Vi, ainda 10 minutos de um duo de voz e harpa...


Se puder ir amanhã...

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Crianças


O sorriso, a inocência, o sonho, as brincadeiras.
As crianças são de facto o melhor que há no mundo.
Feliz dia para todos as crianças, divirtam-se a valer!

quinta-feira, 31 de maio de 2007

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Agrada-me ver-te sorrir


Veio-me hoje uma vontade enorme de te amar.Quero ir ter contigo.Estás em muitos sítios. És muitas.Compro bilhetes ao acaso para apanhar um barco.Chego com a maré.Descemos à praia, á água, ao mar, .Descalçamo-nos.Há a noite e o teu corpo moreno e belo. E a fúria e o limite.Não dizemos nada. Derramo no teu ser a água salgada que trouxe nas mãos em concha laranja. Agrada-me ver-te sorrir.

Biblioteca itinerante

Á minha frente na estrada nacional 109 seguiam em veículo automóvel de cor bordô livros e outros documentos, DVD's, Cd's. Enquanto tentava a ultrapassagem veio-me á memória prazeres antigos. Lembrei-me da meninice, escola primária, e como esperávamos com impaciência a chegada, mensal, dos livros da biblioteca itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian, que tinha como ponto de paragem o lugar do Chalé, no centro da freguesia. Só tinhamos direito a requisitar cinco livros. Foi desta maneira que li 'o meu pé-de-laranja lima', de Mauro de Vasconcelos.Só havia biblioteca na sede de Concelho a dez quilométros. E lembrei-me, ainda, do Senhor Gastão, reformado, septuagenário, sempre o primeiro da fila e o mais ansioso.
Desconhecia que este serviço das bibliotecas públicas, destinado áqueles que estão mais afastados dos núcleos urbanos e que não podem aceder à biblioteca municipal e seus pólos, ainda estava em funcionamento. E alegrei-me por isso, por mim, por todos.

terça-feira, 29 de maio de 2007

Mar

Miramar, 7 de Agosto de 1968



Mar!
E é um aberto poema que ressoa
No búzio do areal...
Ah, quem pudesse ouvi-lo sem mais versos!
Assim puro,
Assim azul,
Assim salgado...
Milagre horizontal
Universal,
Numa palavra só realizado.




Miguel Torga, in Diário XI, Coimbra,1991

Inédito!


Aconteceu, hoje, o que nunca tinha presenciado.

O procurador-adjunto da Comarca de...pediu a absolvição do arguido invoncando o príncipio « in dubio pro reo ». Não foi mais longe, como no meu entender deveria ter ido...Tratava-se de crime público. Mas dei-lhe os parabéns, nas alegações.Mostrou coragem e humildade.O que pode não significar muito em termos de sentença.Foi justo, o tal garante da legalidade.Colaborou na descoberta da verdade e na realização do direito. E não quis a condenação como escopo principal. Nem lavou as mãos , como costuma acontecer.Preferiu a Justiça, no seu entender.Gostei.Rapaz novo. Tem futuro, sem dúvida.